Artigos

dezembro 16, 2017

COMUNICADO – Nota de Esclarecimento

eh pra lutar

Como Coordenadora Geral do SINTRASEB – gestão 2010 / 2014 -, venho informar à categoria que recebemos a carta de renúncia dos seguintes dirigentes sindicais efetivos: Gibson Danilo Rebello, Valdir Cesar de Amorim, Evandro Fernandes André e da Suplente Jacira Coelho Madruga e do Suplente Luiz Carlos da Silva. Nessa carta os membros efetivos, bem como, os suplentes afirmam renunciar em caráter definitivo e irrevogável.

É Importante esclarecer que, no mês de dezembro, tivemos a tentativa por parte dos renunciantes de colocar o SINTRASEB numa condição de grande fragilidade, quando esses encaminharam requerimento ao Prefeito, solicitando o retorno dos membros liberados para as secretarias de origem. Tal pedido foi aceito prontamente pelo chefe do Executivo, emitindo portaria em sete dias. Simplesmente não discutiram transição, trocaram fechaduras, senhas e arrobaram o cofre. Essa situação foi revertida judicialmente com liminar, suspendendo os efeitos dessa portaria.

Os dirigentes acima citados apresentaram a renúncia no início de nossa campanha salarial, depois de não assinar cheques o que comprometeu o pagamento de uma série de faturas que passaram a correr juros por vencimento de prazo de pagamento, inclusive nosso SITE esteve fora do ar.

É lamentável toda essa situação diante de uma conjuntura favorável aos servidores que vêm tendo na entidade a confiança de avançar na luta por melhores condições de trabalho e dignidade. Conjuntura que temos importantes questões na pauta do dia, entre elas a campanha salarial 2012 e a avaliação por desempenho.

Temos muito a comemorar! Vivemos na iminência de conquistar a implantação do PCCS da Saúde. Estamos discutindo com o Executivo a aplicabilidade do 1/3 da hora atividade, estamos apresentando para sociedade que segundo o DIEESE temos uma margem de negociação salarial de 26,44% para nossa campanha salarial de 2012! Com o sucesso do III Congresso, conseguimos aprovar importantes alterações em nosso Estatuto Sindical, o qual vai possibilitar o registro sindical junto ao Ministério do Trabalho! Conseguimos reduzir uma dívida histórica da entidade de 750 mil para menos de 300 mil! Vale ressaltar que essa dívida é oriunda das gestões anteriores! Conseguimos “desalienar” os bens do Sindicato devido os débitos com o INSS! Compramos um carro, que já está quitado, o que contribui muito para mobilidade nas ações do sindicato, proporcionando uma redução de custos com carros alugados. Enfim, são muitas ações em andamento, muitas conquistas em pouco tempo de gestão e muita luta!

Mesmo diante da postura de alguns que não tiveram o compromisso com a categoria e resolveram tomar outros rumos, vamos continuar na luta, na mobilização e acima de tudo, comprometidos com você, SERVIDOR!

Quanto a substituições aos renunciantes, já ascendemos os suplentes, cumprindo o que preconiza nosso Estatuto quando se trata de vacâncias na diretoria.
Queremos reafirmar que estaremos até o fim fazendo valer nosso lema – SINDICATO É PRA LUTAR!

Sueli Silvia Adriano
Coordenadora Geral SINTRASEB

……………………………………………………………..

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Caros servidores:

Estamos em campanha salarial e com muitas expectativas de contar com o apoio e participação de toda categoria, pois é esta participação que vai garantir o sucesso das nossas lutas.

Lamentavelmente, no entanto, não é para falar da campanha salarial que nos dirigimos a vocês. Estamos sofrendo acusações injustas e caluniosas, das quais vamos exigir esclarecimentos na justiça, que é o espaço adequado para tal.

Queremos, no entanto, elucidar alguns pontos, para que possamos continuar o trabalho sindical para o qual fomos eleitos:

1.Foto do carro: Trata-se do dia 08/09/2011 – enchente em Blumenau e para segurança os equipamentos do primeiro piso foram deslocados para o segundo piso e os carros levados para lugares seguros. Informamos que entrou 45cm de água no Sindicato.

2. Nota Fiscal: As despesas de alimentação se referem ao jantar de 4 servidores/as, no retorno da Conferência Estadual da Saúde (Florianópolis) no dia 21/10/2011, custo por pessoa: R$25,85. Se utilizássemos a diária conforme estatuto do servidor, as despesas seriam bem superiores. Informamos também que, não só a diretoria, mas todos os servidores da base que se deslocam da cidade para representar a entidade em Congressos, formações, plenárias, etc, tem sua despesas custeada.

3. Abastecimento Combustível: Temos dois carros para percorrer todos os locais de trabalho(saúde, educação, SETERB, fundações, SAMAE, SEMASCRI, Pró-família, SEDEAD, PROEB, biblioteca pública, museu, etc.:), quando necessário utilizamos nossos veículos particulares para distribuir informativos e atender os pedidos da categoria para esclarecimentos in loco. Tomamos com base os servidores que durante a greve, utilizaram seus veículos para auxiliar a entidade na mobilização, no transporte de doadores de sangue ou mesmo no deslocamento da alimentação, todos receberam tickets de combustível e não controlamos em que momento foi abastecido. O condutor/proprietário do veículo recebe um ticket e abastece seu veículo, no dia e hora escolhido por ele.

4. Camisetas: Foram confeccionadas 700 camisetas (350 brancas e 350 roxas) deliberadas em reunião de diretoria. Quanto à quantidade, a cor e a forma de distribuição, seja de 200 ou de 700 camisetas, sempre fora deliberado em diretoria. Deixar claro que a servidora aposentada Maria Emilia citada, não participa da reunião da diretoria colegiada. Questiono: Se fosse azul seria de quem? Se verde? Se vermelha? Se amarela? O roxo foi escolhido a partir do que ele representa, ele está no mundo das trabalhadoras, nos sindicatos, nos movimentos sociais, femininos e na CUT.

5. Assembleia Avaliação Por Desempenho: Desde que o grupo atual assumiu o Sindicato, a Assessoria Jurídica contratada, na pessoa do Dr. Antonio Carlos Marchiori, prestou todos os esclarecimentos necessários sobre a ação que trata da promoção por desempenho, esclarecimentos estes amplamente divulgados à Categoria Profissional, seja através de informativos, seja por ocasião das Assembleias realizadas nos dias 13/10/10 e 19/12/11, valendo lembrar que o tema foi amplamente debatido pela Diretoria Colegiada em inúmeras reuniões convocadas para tratar deste assunto. Em nenhuma das reuniões, um dos diretores apresentou alguma proposta e nos surpreende a proposta apresentada anonimamente na Assembleia, depois assinada pelo servidor Gibson e agora assinada pelos renunciantes, conforme e-mail destes. Questionamos: Por que os mesmos não apresentaram na diretoria? Mesmo que pudéssemos ter discutido, apresentaríamos em Assembleia para apreciação. A Diretoria Colegiada acata a decisão soberana da Categoria Profissional. No entanto assim o fizemos, a decisão tomada na Assembleia Extraordinária realizada no dia 16/02/2012, que foi de rejeitar a proposta do Governo Municipal, por entender que a mesma é injusta.

6. Festa: Temos filiados 3.800 servidores, divulgamos a festa, com muita dificuldade, conseguimos inovar com a categoria. Fizemos na associação, espaço do servidor. Todos que vieram receberam dois tickets de chopp ou refrigerante e uma camiseta. Foi maravilhosa (cama elástica, piscina de bolinhas, música ao vivo e muita alegria). Gastamos R$ 12 mil, destes R$ 9mil foram gastos com as camisetas (custo R$ 12,85 cada). Todavia, as que sobraram 180 foram distribuídas no III CONGRESSO dias 8 e 9/02/2012 e as demais serão utilizadas na campanha Salarial/2012. O chopp e refrigerante foram patrocinados pelos convênios, assim como 82 brindes sorteados no local (bicicleta, CDs, produtos de beleza, óculos, carteiras, camisetas, tratamento dentário, etc). A festa custou para cada filiado R$ 3,15. Que diretoria fez festa para os associados?

7. Aparelhamento do Sindicato: Para quem participa efetivamente das ações sindicais, está claro que a prioridade da diretoria atual é o servidor público municipal. A associada Maria Emília é servidora pública municipal (atualmente aposentada) ativa e participante, com direitos, assim como qualquer servidor. Não há uma única ação, tempo ou recurso do SINTRASEB destinado a uma “hipotética campanha”. Esta acusação, das mais levianas e irresponsáveis, parece uma estratégia desesperada para enfraquecer esta figura pública de inquestionável idoneidade.

Devido às denuncias apresentadas pelo ex-dirigente, fora convocado o Conselho Consultivo e Fiscal para averiguar/investigar as mesmas. Também fora instalada, uma comissão de ética, para analisar a postura dos denunciantes, quando feriram o Estatuto ao encaminhar ao Executivo Municipal a solicitação da substituição dos liberados. Esta comissão está sendo assessorada pelo Jurídico do SINTRASEB, Dr. Antônio Carlos Marchiori.

Dito isto, queremos deixar claro que não vamos mais permitir que nossos caluniadores nos afastem da nossa prioridade do momento que é a campanha salarial e muito menos de todas as lutas do movimento sindical. Não conhecemos as reais intenções de quem nos acusa, mas certamente não favorecem aos servidores públicos municipais e sim favorecem o governo atual, que se beneficia deste conflito.

Abraços sindicais!

Sueli Silvia Adriano – Coordenadora Geral
Sergio Maurici Bernardo – Diretor de Formação Sindical
Ieda B. Vargas Ladewig – Diretora de Finanças
Cleusa Marta Agostinho – Diretora de Assuntos da Saúde
Ana Maria da Silva – Diretora de Comunicação
Elisia F. Andrade – Diretora de Atividades Administrativas
Eliane R. Harnich – Diretora de Segurança e Seguridade Social
Mauricio R. Quadros – Suplente







  1. CARMELITA CLASEN WERLING

    È ISSO AÍ SUELI – QUEM TRABALHA BEM, ATRAPALHA ALGUNS – CHAMA A ATENÇÃO ENCOMODA DAÍ O QUE ACONTECE???
    CONFIO NO TEU TRABALHO
    FORTE ABRAÇO


  2. clarilene leopoldino

    oh… pelo amor de deus até na cor de uma camiseta eles vejam problemas….por favor vão proucurar o que fazer pq quem não ajuda não atrapalha,olha sueli continue assim pq só assim consequiremos derubar essas corjas que só nos atrapalhão bjão a todos…sorte


    • admin

      Nossa marca é a responsabilidade e o compromisso com a categoria e não vamos perder o foco dessa luta com gente que não contribui.


  3. Neide Maria M

    Com certeza Sueli eu confio nesse Equipe que esta ai. beijos Neide


  4. admin

    Temos muito claro que isso é prejudica a Luta Sindical e quem mais perde é o servidor, por isso, estamos esclarecendo e afirmando compromisso com a categoria e não com partidos. Possívelmente estes servidores que estão caluniando, tem interesses particulares e não coletivo. As denuncias foram encaminhadas para os conselhos, conforme preconiza o Estatuto do Sindicato e entraremos com ação para que provem na justiça.

    Sueli Silvia Adriano
    Coordenadora Geral



Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>